Uma reflexão para mentes e corações abertos

“E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.” – Mateus 24:12

747.gifO próprio Senhor Jesus alerta seus discípulos sobre tempos difíceis pela frente, os quais estamos vivenciando, independente de ser cristão ou não, isso é em relação a humanidade. Basta prestar atenção no comportamento da sociedade atualmente e perceberá que a intolerância tem agregado mais adeptos, além do termômetro estar mais sensível e o pavio mais curto.

Ando pelas ruas, ouço pessoas, tanto ao vivo quanto pela web, nas palavras e olhares também há medo, incerteza, incredulidade. Sinto a ausência de Deus na vida de muitas pessoas. Sim, muitas escolheram não ter Deus por inúmeros motivos, outros querem que Ele seja personalizado à gosto, como um utensílio espiritual.

“Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.” – Mateus 15:8

É uma velha questão que já se sabe a resposta, mas o coração duro não aceita: A humanidade em sua maioria recusou Deus. Uns fizeram-se deuses de si mesmos, outros buscaram outros deuses, sejam em outras religiões ou na humanidade, como no caso da ciência, filosofia, idealismos. Como a escolha da humanidade se mostrou extremamente falha (basta ver a desigualdade, violência, pobreza, etc e etc…), então se culpa Deus por tais calamidades, mesmo não crendo na sua existência. Também a culpa é lançada às instituições religiosas de Deus e as que usam o nome de Deus. Então o livre arbítrio é usado de forma conveniente, queremos ser livres e fazermos o que quisermos, mas caso as consequências sejam negativas, não reconhecemos nossa culpa. Seres vivos indefesos sofrem as consequências das diretrizes da humanidade autônoma.

Deus é justo, de equidade. Nos deu liberdade e não vai interferir em nossas vidas se escolhemos a independência. Tente imaginar o Brasil exigindo para Portugal resolver os nossos problemas atuais, alegando que eles são responsáveis por invadir e tomar esta terra no passado. Não é absurdo? Mas enfim, não vou entrar nestas questões, seria inútil.

Agora, os que colocaram suas esperanças, confiança, fé em Deus, é o momento para abrirmos nosso coração e deixar o Espírito Santo de Deus agir em nossas vidas, ele mesmo fará que não sejamos galhos secos, mas com folhas e frutos abundantes. Plantado em boa terra, água pura e sol. Nestas condições, a árvore não perecerá, permanecerá firme em todas as estações e dará seu fruto, pois é Deus quem sustenta. Não devemos nos abalar pelo que está ocorrendo na humanidade atualmente, Jesus já tinha avisado à dois milênios. Também não estamos sozinhos, Ele prometeu que estaria conosco todos os dias através do Espírito Santo de Deus e assim tem permanecido.

“E eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” – Mateus 28:20

Também não nos conformemos com a mudança de valores da humanidade, continuemos no que temos aprendido, continuemos até o fim.

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” – 1 Coríntios 13:13

“Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.
Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” – Apocalipse 3:10,11

Uma resposta

  1. Pingback: EXTREMOZ RN- O SENHOR JESUS NÃO É UMA RELIGIÃO- “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.” – Mateus 24:12 - Blog do Levany Júnior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s