Uma reflexão para mentes e corações abertos

Live after death

lemmy_0356864ebcc3

Até então, nenhuma novidade, pessoas morrem todos os dias, a cada minuto. Mas quando alguma pessoa famosa morre, parece que o mundo muda por conta disso. Nos meios de comunicação, pelo menos aqui no Brasil, o assunto amplamente noticiado foi sobre o falecimento de Lemmy Kilmister do Motörhead e David Bowie. Para a maioria dos brasileiros nem faz diferença e uma grande parte nem sabe do que se trata esses nomes estrangeiros. Mas para os apreciadores da música deles, foi um desastre. Mas outros grandes músicos também se foram recentemente: Pierre Boulez, compositor de música erudita de vanguarda e Paul Bley, pianista e compositor de jazz. Mesmo para vários amigos meus que tem mais acesso à informação do que a maioria da população, não conhecem estes nomes e para eles não teve a menor importância sobre o fato destes também terem deixado este mundo.

Enfim, o assunto que me motivou escrever este texto, foi ter reparado que muitos afirmaram de forma singela que Lemmy e Bowie estão no céu, etc, inclusive algumas ilustrações deles com aquele equivocado estereótipo com asas nas costas, uma argola dourada flutuante sobre a cabeça andando sobre nuvens. Engraçado que a maioria das pessoas nem acredita em Deus e esse conceito de céu, é cristão… Outros procuram se consolar afirmando que tanto Lemmy, Bowie ou algum parente ou conhecido, está cuidando dos vivos, observando tudo do céu ou outra dimensão, de acordo com suas crenças, religiões ou não religiões.

“Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento.
Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.” – Eclesiastes 9:5,6

Pois é, na própria Palavra de Deus que está na bíblia, fala que não há nada depois da morte, ou vida após a morte. Mas isso não é contraditório? E o que Jesus fala?: “E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.” – 1 João 2:25. E como se não fosse suficiente, Jesus promete esta condição. Mas isso é um outro assunto, quem não acredita em Deus não teria o menor interesse nisso, seria um delírio. De qualquer forma, o assunto morte gera todo o tipo de especulações, é a fronteira final e o capitão Kirk realmente não pode responder com autoridade. Este weblog, mesmo tendo o foco em Jesus Cristo, procura sempre abordar assuntos que dizem à respeito de ser humano, de nossas condutas aqui neste planeta, nesta realidade, em que nascemos, crescemos, envelhecemos e finalmente morremos. Para que cada assunto possa fornecer combustível para reflexão e mudança para uma atitude melhor, um estilo de vida melhor. E é apenas um pequeno espaço sem maiores ambições, é apenas mais uma opção.

Com tudo isso, com o falecimento de Lemy e Bowie, que até por muitos fãs eram como deuses imortais, é uma grande oportunidade de aprendizado num momento tão triste:

“Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, porque naquela está o fim de todos os homens, e os vivos o aplicam ao seu coração.” – Eclesiastes 7:2

“O coração dos sábios está na casa do luto, mas o coração dos tolos na casa da alegria.” – Eclesiastes 7:4

Mesmo soando sombrias estas declarações, é importante entender que se trata de uma metáfora, apenas para ilustrar como a nossa vida é passageira, frágil, e como acabamos desperdiçando o curto tempo de nossas vidas com coisas inúteis na maioria das vezes e muitas coisas que nos dão um prazer totalmente descartável, que custa muito mais caro do que valeria. Isso não quer dizer que só devemos fazer coisas sérias em nossas vidas, mas devemos aproveitar melhor esse tempo, ter prazer na vida de forma saudável, estar com as pessoas queridas, passear, ter uma boa refeição (isso não quer dizer ir à um restaurante caro, é óbvio), enfim, se alegrar com o que temos, enquanto ainda estamos vivos.

“Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol.
Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” – Eclesiastes 9:9,10

Uma resposta

  1. Rogério

    Muito bom, Glória à Deus!

    13 de janeiro de 2016 às 10:35 AM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s