Uma reflexão para mentes e corações abertos

Pra quê nós precisaríamos de Deus?

God

É uma pergunta recorrente desde muito tempo, principalmente na civilização ocidental do século XX em diante. O pensamento da humanidade mudou radicalmente pós revolução industrial, assim como no Iluminismo. Muitas pessoas questionam a existência de Deus principalmente pelo fato de muitas situações negativas acontecerem ao redor do mundo, sendo que através das instituições religiosas, é pregado um Deus todo poderoso. Também várias instituições religiosas não agem de forma coerente com a maior definição de Deus e é comum isso se reverter numa aversão à Deus e sua existência.

Recentemente, tenho notado a divulgação de um trecho da entrevista feita em 2001 de Anne Graham, filha de Billy Graham, famoso evangelista norte-americano, em um programa televisivo matutino da CBS, o Early Show* que foi veiculado de 1999 à 2012:

Jane Clayson (Early Show):
– Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro?
Anne Graham:
– Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco?

Pois é, o livre arbítrio que tanto prezamos, proclamamos e exigimos, tem suas consequências. Somos responsáveis pelos nossos atos, estamos sujeitos às consequências que esses atos causam e infelizmente os atos alheios também nos atingem, pelo simples fato de vivermos em sociedade. Mesmo as classes sociais que possuem um poder aquisitivo diferenciado que tentam se isolar em grupos, associações, condomínios, carros blindados e shopping centers de luxo, não podem impedir essas consequências.

Se nós como seres humanos, como sociedade, como família, como cidadãos, como nação, como indivíduos escolhemos decretar a inexistência de Deus, porque afinal de contas, questionar a suposta existência de Deus e eventualmente culpá-lo pela sua indiferença?

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.” –  Lucas 23:39

Então aí está o mundo como é, segundo a vontade da humanidade.

*link da entrevista de Anne Graham na íntegra: http://www.annegrahamlotz.com/static/uploads/Media-Coverage/Early_Show_9-13-01.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s