Uma reflexão para mentes e corações abertos

Rogéria e Jesus Cristo

Numa noite dessas eu estava assistindo a tv, acho que era o seriado Law and Order e passei por outras emissoras para conferir a programação, quando estava passando o programa Provocações sob o comando de Antonio Abujamra. A pessoa entrevistada era a travesti Rogéria, celebridade brasileira de muitos anos na midia.

A entrevista já se encaminhava para sua parte final quando o entrevistador fazia suas últimas perguntas e uma delas foi que se após a morte, houvesse um grande absoluto nada, qual seria a sua reação. Então Rogéria disse que não acreditava nesta hipótese pelo simples fato de Jesus Cristo falar-lhe no coração. Confesso que fiquei muito feliz de ver que ela falou de Jesus com amor e não como um ícone religioso.

Ultimamente tem se acirrado o conflito entre grupos organizados que defendem os direitos civis de homossexuais e seus líderes, com evangélicos e seus líderes. Então o evangélico se tornou um inimigo dos homossexuais e devido a exaltação de ânimos, tem ocorrido a generalização irracional de que todos os evangélicos são intolerantes, homofóbicos e preconceituosos. Uma batalha recheada de ódio que não resulta em nada próximo aos propósitos das Boas Novas de Jesus Cristo. A religião como organização criada pelo ser humano deturpa em considerável parte a verdadeira mensagem do AMOR de Jesus por todos os seres humanos da face da terra. Muitos cristãos irão citar referências bíblicas que condenam a prática homossexual, mas como está escrito, Deus não se agrada da prática e não quem a pratica. Além do que a igreja de Cristo como um todo, a verdadeira igreja que não tem paredes e telhado e sim existe na unidade dos cristãos em todo o planeta, tem como tarefa anunciar as Boas Novas do reino eterno de Jesus Cristo e não serem os juízes deste século.

Não cabe a mim dizer o que a pessoa deve fazer sobre a sua própria natureza biológica, simplesmente eu não tenho este direito, e mesmo se tivesse, deixaria nas mãos de Jesus.

“Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.” 1 Coríntios 14:33

Se Deus colocaria o espírito feminino em um corpo masculino e vice versa, é uma questão que cabe ao indivíduo homossexual com o próprio Criador, isso é uma questão particular entre os dois. Caso realmente Deus queira comunicar algo à respeito disso por meio de um de seus filhos cristãos ao indivíduo homossexual, não acredito que isso ocorra de maneira condenatória e agressiva. Se algum homossexual vir a me perguntar sobre os textos que relatam o desaprovo de Deus sobre o homossexualismo, vou responder que procure conversar com Jesus à respeito disso e que a mim cabe amar todas as pessoas de forma igual, assim como Jesus ama. Para mim, qualquer pessoa que se enquadra no contexto LGBT, antes de qualquer coisa, é um ser humano, um indivíduo, uma pessoa com sentimentos e será amada por mim como Jesus me ama.

Sou totalmente a favor de acolher todos os gêneros de homossexuais nas igrejas de Cristo e de maneira nenhuma tratá-los de maneira diferente dos outros. Claro que o indivíduo homossexual, transgênero está ciente de que ao frequentar uma igreja, ele ou ela deve se vestir de forma adequada, pois é mais do que óbvio que não se veste para ir à igreja da mesma forma que se vai à uma balada ou no açougue, é um singelo sinal de respeito e amor à Jesus se vestir de forma simples e sóbria para adorá-lo. Isso se enquadra aos heterossexuais da mesma maneira.

Já basta de tanta animosidade nesta sociedade e a igreja de Cristo não deve se contaminar com isso. Deus concedeu o livre arbítrio para todas as pessoas da face da terra e os cristãos, evangélicos, crentes devem parar de fazer o papel do próprio maligno, de acusar as pessoas.

Que todos os gays, travestis, transsexuais, lésbicas, drag queens, crossdressers, etc, enfim, venham para Jesus e sua igreja, pois são mais valiosos que todas as riquezas da terra e Deus ama à todos estes de tal maneira, que deu seu único filho, Jesus Cristo, para morte e ressurreição, afim de que todos tenham a vida eterna.

O sangue de Jesus é derramado todos os dias por amor à Rogéria, Roberta Close, Lea T, Leo Aquilla, ou seja, por todos nós, porquê todos pecaram, mas nos foi concedido a misericórdia, o perdão, a herança do reino Eterno de Deus, de Paz, Justiça e AMOR.

3 Respostas

  1. Míriam

    Muito interessante o que explanaste aqui. Não somos Deus para julgar. Falar do que a Bíblia diz é correto, mas com amor é claro. Pois como um homossexual vai querer Jesus na sua vida se a gente disser que ele vai para o inferno? Um abraço.

    22 de março de 2013 às 5:33 PM

    • akirarw

      Míriam, muito obrigado por ler o artigo, por visitar este espaço virtual e expressar sua opinião aqui. Paz e graça de Jesus Cristo para você e todos os que convivem com você, abs.

      22 de março de 2013 às 6:34 PM

  2. É…garanto que tem um certo pastor de uma certa igreja que tem uma certa emissora de TV deve estar falando cobras e lagartos de você meu (minha) caro (a) irmão (ã). Realmente o amor muda as pessoas. Sigamos este exemplo

    22 de junho de 2014 às 7:49 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s